Psicopedagogia Perceptiva/ Fasciaterapia

A psicopedagogia perceptiva/fasciaterapia é uma prática de desenvolvimento pessoal que faz a ligação entre o corpo e o espírito. Partimos do princípio que o corpo e o espírito se influenciam directamente e simultaneamente pois são duas expressões duma mesma entidade.

Trata-se duma abordagem centrada na pessoa e que se inscreve na corrente da psicologia humanista (Carl Rogers, Maslow) que favoriza o desenvolvimento e a mudança com base no potencial de cada um.

Vir porquê  ?

- dificuldades de adaptação: stress, cansaço, insónias, etc.
- acompanhamento de rupturas de vida: luto, separação, desemprego...
- acompanhamento de pessoas sofrendo de mal estar
- gestão de somatizações: questões corporais
- gestão de distúrbios de comportamento: tensões, ansiedade, dificuldades de comunicação, de expressão ou de acção.
- gestão de distúrbios cognitivos: atenção, coordenação, memória, percepção, empatia.

A psicopedagogia perceptiva/fasciaterapia propõe práticas de acompanhamento que abrem caminho a um processo de descoberta perceptiva. Tal permite à pessoa de olhar a sua problemática através dum ângulo diferente e de encontrar assim alternativas comportamentais. Estas práticas de acompanhamento são de várias naturezas:

Toque de Relação

O toque manual permite libertar os desequilíbrios tensionais e certas dores, escuta o pedido silencioso do corpo, mobiliza os recursos perceptivos e cognitivos e cria uma experiência que enriquece a relação a si próprio. A acção terapêutica tem várias funções:
- reequilibrar os ritmos do corpo
- reanimar a vitalidade da pessoa
- agir sobre as dores físicas que tenham uma relação com o perfil psicológico (somatizações)
- equilibrar o corpo e a mente
- permitir à pessoa de se descobrir

Ginástica sensorial

O objectivo da ginástica sensorial é de permitir à pessoa de:
- se apropriar do seu corpo
- se descobrir em acção

O trabalho gestual dinâmico, feito de sequências de movimentos simples mas não habituais, dirige-se às múltiplas facetas da pessoa, ao nível físico e psíquico. Efectuados numa lentidão relaxada, favorizam o desenvolvimento dum movimento fluido e habitado, duma presença a si inédita e enriquecedora em que a pessoas descobre novas possibilidades de acção e de expressão.

A ginástica sensorial é muito eficaz para relançar a vitalidade no corpo, relaxar as tensões, aumentar o equilíbrio e a coordenação, encontrar uma nova flexibilidade no corpo, no espírito e na vida.

Os exercícios fazem-se de pé ou sentado e podem ser feitos em acompanhamento individual ou em grupo.

O gesto pode ser explorado em posição sentada ou de pé, ou mesmo deitada.

Instrospecção sensorial

Trata-se duma meditação fundamentada numa postura de “neutralidade activa”,  acompanhada de palavras em que há uma solicitação cognitivo perceptiva sobre a
- ressonância do corpo: captar os sentimentos orgânicos, a tonalidade corporal, o fundo emocional
- emoção: “o que sinto”, “o que isso provoca em mim”
- o pensamento: captar o fluxo do pensamento, as imagens, as memórias

Diálogo Verbal

Esta fase acontece após o diálogo tissular (através do toque manual ou gestual), quando a pessoa já está em relação com ela própria.
O objectivo é permitir à pessoa de tomar consciência da experiência vivida e valorizá-la. Ensina-se a pessoa a perceber e a descrever as percepções sentidas e os pensamentos ocorridos durante a sessão. A partir daqui procura-se saber quais os efeitos destes sobre o corpo. O importante não é tanto o que se passou ou o que se viveu, mas a relação que a pessoa tem com o ocorrido: “o que é que aprendo com o que vivi?”. Pode então fazer-se uma ligação entre o que se aprendeu com a experiência e os modos de comportamento da pessoa na sua vida quotidiana, as suas estratégias vencedoras e perdedoras.
O acompanhante SPP não é um psicólogo. Ele não procura nem se interessa pelas causas das perturbações psicológicas; ele procura soluções graças ao movimento. Não se interessa directamente pelos traumatismos, dirige-se antes ao potencial da pessoa.

Acompanhamento individual

A sessão dura cerca de 1h e o preço é de 40€. A 1a sessão é mais longa, cerca de 1h30.
Antes de começar há uma entrevista para clarificar o pedido, o contexto pessoal, familiar e/ou profissional. A partir desta conversa definimos juntos um projecto e um contrato para a sessão ou a médio prazo.
Para as pessoa com patologias graves um parecer médico prévio é indispensável.
Nas primeiras sessões a pessoa está deitada e é efectuada uma pressão manual delicada e respeituosa através da roupa. Esta pressão, mais ou menos ligeira regenera não só o corpo mas também a pessoa na sua globalidade. As sessões podem trazer bem-estar físico e acalmar as dores, podem dar reconforto e relaxamento.
No final do tratamento é feito um balanço para definir os passos seguintes.


Acompanhamento em grupo
Em grupo poderão ser feitas sessões de ginástica ou introspecção sensorial.